COMO SEMEAR FAVAS E ERVILHAS

Chegou a altura de começar a semear favas e ervilhas. Depois da satisfação pela ótima colheita de batatas deste ano que descrevi em o "Ciclo da Batata", chegou o desânimo pelo facto de mais de metade da produção estar muito deteriorada por ter sido atacada pela borboleta. Essa praga que eu tentei combater evitando produtos químicos, recorrendo apenas à cobertura das batatas com ramos e folhas de eucalipto, não foi suficiente e muitos tubérculos foram atacados, de tal forma que parte da produção se perdeu. As batatas que colhi em Julho seriam o bastante para a autossuficiência familiar desse produto, até às primeiras colheitas de batatas temporãs que deverá ocorrer entre Abril e Junho, no entanto, agora a maior parte delas estão de tal modo picadas que já nem metade se consegue aproveitar e, por isso, em breve terei de as começar a comprar. Mas a verdade é que, por vezes, se encontram batatas em promoção nos supermercados a um preço tão baixo que, certamente, ficava a ganhar se não semeasse nenhumas. No entanto, o hábito e também o “bichinho” pelo trabalho no campo fala sempre mais alto e lá para Janeiro/ Fevereiro estarei lançando à terra as primeiras batatas de semente.

Agora está na altura de fazer as sementeiras de inverno. No último sábado, aproveitando o sol radioso, fui fazer a minha primeira sementeira de favas. Normalmente faço duas ou três pequenas sementeiras, espaçadas por um ou dois meses, para ter favas durante um período de tempo maior, embora o tempo de intervalo entre as sementeiras não corresponda ao mesmo entre as colheitas, pois as favas semeadas mais tarde desenvolvem-se mais depressa e acabam por dar fruto quase ao mesmo tempo (Abril, Maio). Também se podem congelar favas para ir comendo durante o ano, mas não há nada como consumi-las frescas.


Neste local estiveram batatas e por isso a terra estava boa de mexer, não sendo preciso
grande esforço para cavar e abrir pequenos regos para semear as favas.

As favas são um daqueles produtos agrícolas que não dão grande trabalho. Existem muitas maneiras de fazer a sua sementeira, dependendo também do terreno e da quantidade que se semeia. No meu caso, como são só para consumo próprio, costumo cavar à manta uma pequena porção de terreno e depois abrir pequenos regos separados por cerca de 30 cm onde coloco as sementes separadas por 20 cm que de seguida cubro com uma pequena camada de terra. Se tiver estrume coloco algum, se não tiver não me preocupo com isso e a verdade é que tenho tido sempre favas, mesmo não utilizando qualquer adubo. Depois de semeadas é só esperar cerca de cinco, seis meses, sem qualquer outro trabalho pelo meio, excepto talvez uma sacha, se necessário, ou o arranque de ervas daninhas e estarão prontas para começar a colher. O descasque é talvez o trabalho mais chato pois é bastante moroso, mas pode-se aproveitar o tempo para, simultaneamente, assistir a um programa de televisão, por exemplo.

Para as ervilhas o procedimento é praticamente idêntico, sendo no entanto necessário estaca-las, quando se semeiam ervilhas de trepar, o que eu costumo fazer empregando ramos provenientes das podas das oliveiras, pois por aqui ainda se emprega muito o método de podar as oliveiras, ou pelo menos cortar alguns ramos, quando se faz a colheita da azeitona para facilitar o trabalho da apanha, embora a altura não seja muito adequada e até acho que pode causar doenças nas oliveiras. Também é necessário tomar precauções por causa dos pássaros que comem as ervilheiras, quando elas estão a começar a brotar da terra e é por isso que, em muitas hortas, se vê aquele espectáculo, pouco estético, de sacas de plástico, latas e até cds e fitas de cassetes, ondulando ao vento com o intuito de afastar as aves, mas que agridem visualmente a paisagem.

No entanto ainda há quem utilize os tradicionais e melancólicos, mas também ternurentos espantalhos, que dão cor e graça a muitos terrenos amanhados, uma forma muito antiga para espantar as aves, que apesar de estar um pouco em desuso e a sua eficácia não ser muita, ainda se vão vendo por aí, como este simpático casal que encontrei algures, numa horta…
   



Artigo relacionado:
Semear e colher favas - (Sementeira e colheita de 2012. Outra forma de mostrar como se faz a sementeira  através de um vídeo e utilizando uma motoenxada. No final a colheita das favas secas.

Comentários

  1. Joalex,

    bom artigo que vem mesmo a calhar. Para meados de Dezembro, eu e a minha mulher iremos ajudar uma família amiga no cultivo desses mesmos produtos: ervilhas e favas. Será bom levar já alguma ideia de como se procede.

    Agora as dúvidas:
    - o que significa cavar à manta? É o mesmo que fresar a terra?

    Grande abraço,
    --
    R. Saraiva

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Saraiva. Esta é uma questão interessante a que vou tentar responder:

    Cavar à manta significa cavar a terra a espaços de cerca de 30 a 50 cm, ou seja: rapam-se as ervas num lote (manta) com essa medida (largura da manta) e depois cava-se, puxando a terra para junto dos nossos pés, de modo a ficar um rego, onde se enterram as ervas da manta seguinte. A terra cavada deste modo fica sem ervas à superfície e depois podem-se semear as favas, batatas, etc. fazendo pequenos regos onde se colocam as sementes que são cobertas com a terra extraída do rego seguinte.

    Devo dizer que na sementeira de que falo neste artigo dispensei o primeiro procedimento, pois a terra tinha poucas ervas e ainda estava mexida devido a ter sido cavada no verão, aquando do arranque das batatas, mas normalmente é assim que procedo. Também se costumam semear batatas cavando a terra em pequenas mantas e colocando as sementes no rego por cima das ervas do rapão.

    Um abraço e força na sua sementeira de favas e ervilhas!

    José Alexandre

    ResponderExcluir
  3. JoAlex, vou copiar esta sua foto, para tentar imitar um espantalho para a minha hortinha, se me der a devida autorização!

    Por acaso vim aqui dar...há muito para vasculhar... com tempo. Desde já, grata pela partilha.

    BIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda Maria. Pode copiar à vontade e conto com as suas visitas sempre.
      Obrigado.

      Excluir
    2. devese cortar a ponta da planta da fava,ou isso e so mito?

      Excluir
    3. Confesso que não sei nada sobre isso de cortar a ponta da planta da fava.

      Excluir
    4. Amigos, tenho uma dúvida de principiante, as favas e as ervilhas devem ser molhadas antes de semear ou utilizam-se secas tal como se compram.
      Obrigado

      Excluir
    5. Na minha terra há pessoas que põem as favas de molho durante algum tempo. Dizem que é para adiantar a germinação, quando fazem a sementeira um pouco tardia. Mas, salvo melhor opinião, não me parece que, nesta altura (Novembro), seja necessário.

      Excluir
  4. Boa tarde,

    Semeei favas em Dezembro e agora começaram a surgir uns bichinhos pretos muito pequenos que me disseram ser o piolho! Sem saber o que fazer falei com um amigo que me sugeriu a aplicação de uma infusão de urtigas, com 2 dias de repouso!!!
    Alguém já experimentou? Resulta?
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, pessoalmente, não conheço essa tal infusão de urtigas, mas também poderá usar um inseticida para tratar as favas. O melhor, talvez, será aconselhar-se numa loja que venda esse tipo de produtos.

      Excluir
    2. Eu costumo matar esse bicho da seguinte maneira : Eu levo comigo uma corsa e então apanho um bicho de cada vez e enforco os gajos com a corda.

      Excluir
  5. Realmente essa tal infusão de urtigas é usada,assim como detergente de louça ou água com o sabão tradicional, estes em pequena quantidade. Este é muito usado nas culturas biológicas.

    ResponderExcluir
  6. Por favor algum amigo me pode informar como atacar o maldito (rabo de raposa)que mata favas e ervilhas. Obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Se tem o tal bichinho preto nas favas (piolho negro) e não faz agricultura biológica, aplique um inseticida piretróide. Vende-se em qualquer loja de venda de sementes, não é muito tóxico para os humanos, e o intervalo de segurança não vai além de 7 a 10 dias.

    ResponderExcluir
  8. em que posição se coloca a fava na terra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que nunca me importei com a posição em que as favas ficam no rego, mas já que fala nisso talvez apareça por aqui alguém que tenha alguma ideia sobre o assunto.

      Excluir
  9. como tratar do rabo de raposa k mata as faveiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja este site, que talvez tenha a resposta que pretende: http://pt.wikihow.com/Se-Livrar-de-Rabos-de-Raposa

      Excluir

Postar um comentário