CRIAÇÃO DE PATOS

Uma das primeiras obras que efetuei na minha chácara foi uma capoeira. Essa capoeira que tem cerca de 100 m2 de área, foi construída de modo a ser segura para evitar a entrada de animais predadores, como a raposa ou o gato toirão e ainda aves de rapina. Esses cuidados impunham-se, uma vez que a capoeira foi instalada em pleno terreno agrícola, afastada de habitações e, por isso mesmo, deduzi que seria um alvo mais atrativo para esses animais. A capoeira tem uma área coberta e fechada destinada a abrigo das aves e a restante está vedada com rede de arame entrançado e por cima com rede de pvc, em pequenas quadrículas, para evitar a entrada de aves de rapina e outros animais selvagens e também para impedir a fuga de algumas aves, como pombos ou rolas.

Cheguei a ter na capoeira um elevado número de aves de várias espécies, mas neste artigo vou falar, mais especificamente, de patos, porque de início apostei com entusiasmo na criação destas aves. Adquiri uma dúzia de patos de carne (daqueles patinhos brancos que não fazem criação), quatro fêmeas e um macho de patos mudos e um casal de patos reais. Não tinha qualquer experiência na criação destas aves, mas resolvi dedicar-me a essa atividade porque ouvia dizer que os patos comiam de tudo e faziam muita criação. Esse foi um dos motivos e um outro foi porque achava os patos bonitos e que seria bastante romântico ver as aves a nadarem num pequeno lago…

Foi por isso que deitei mãos à obra, na construção de uma pequena piscina para que os patos pudessem tomar banho e se sentissem bem, e eu próprio também, quando tivesse tempo para os apreciar nessa atividade. No entanto, acabei por chegar à conclusão de que foi um erro construir o pequeno lago e pensar que seria bonito ver os patos a nadar.

Esse erro tem a ver apenas com a falta de água corrente no lago, ou pelo menos a falta de um poço de onde extraísse água à vontade para fazer a limpeza e a mudança de água do lago. Como já disse no artigo “A minha chácara”, o terreno não tem nenhum poço e a água é aproveitada da chuva, mas no verão ela não abunda e, por isso, tinha dificuldade em mudar a água do lago.

E a verdade é que os patos sujavam a água muito rapidamente e não só a água do banho, pois até os bebedouros ficavam sujos muito rapidamente e era preciso estar sempre a limpá-los.

Patos a nadar no pequeno lago que construí na minha chácara.
Normalmente, os patos estão associados à água e, naturalmente para eles, é uma satisfação puderem nadar ou mesmo chafurdar num qualquer recipiente, mas será muito melhor se o fizerem em água corrente e abundante, para além de ser visualmente mais agradável vê-los a nadar em águas limpas do que a chafurdar num pequeno charco.

Foi a falta de água em abundância que ditou o fracasso da minha criação, porque não era possível, pelo menos no verão, estar a mudar a água do pequeno lago com alguma frequência. Mas não foi só por isso que deixei de criar patos, embora fosse essa a principal razão. As patas chocavam com frequência e facilidade mas depois do nascimento dos patinhos era necessário ter um compartimento disponível para os acolher e vigiá-los com frequência (se houvesse tempo para isso) porque as mães não tinham qualquer cuidado e pisavam ou esmagavam mesmo os filhotes, chegando a destruir mais de metade da ninhada. Outra coisa que me causava alguma repugnância era que alguns machos, em especial o pato real, na tentativa de galar as patas perseguia-as atrozmente e dava-lhes fortes bicadas no pescoço e na cabeça provocando-lhes feridas que certamente lhes deviam doer bastante. A sua atitude de machão violento obrigou ao seu abate prematuro.

Creio que todas estas vicissitudes são naturais e se criar patos fosse uma atividade fácil, que desse muito lucro, haveria certamente mais pessoas a fazê-lo e a carne de pato não seria tão cara e seria maior a oferta nos supermercados, não só de carne de pato (ou pata), mas também de ovos.

Talvez seja por tudo isto que, de um modo geral, as pequenas explorações caseiras apostam mais nas galinhas, porque estas aves, para além de serem tradicionalmente mais dóceis e disciplinadas, também não são tão exigentes quanto ao seu habitat, mas tudo tem o seu lugar e um delicioso arroz de pato, não se pode confecionar com galinha…

Lago artificial para patos
Um lago artificial para patos. Depois de escavado foi forrado com plástico,
uma forma  de construção económica.

Sei que muita gente cria patos sem ter nenhum lago para eles tomarem banho e será que isso é mesmo necessário, ou os patos apenas precisam de ter água para beber? Encontrei duas opiniões em dois livros sobre autossuficiência, que não são totalmente coincidentes e uma delas aconselha mesmo a quem não tiver fontes na sua terra a desistir de ter patos. Está no guia prático da autossuficiuência, de John Seymour, e diz o seguinte:

É absurdo dizer-se que os patos não precisam de água. É indispensável que tenham sempre água e sem ela não podem ser felizes. É desumano ter animais em condições que vão contra a própria natureza. Deixe os patos irem para a água, mas não os mais pequeninos, com dez a quinze dias, ou melhor antes que lhes tenha aparecido a proteção natural (óleo sobre as penas). No entanto dê-lhes sempre água para beber.

É preferível que a água onde os patos nadam tenha corrente e se renove continuamente; um tanque de água estagnada é menos saudável. Muitos ovos são postos na água ou sobre as margens e, se o tanque estiver sujo, os ovos que tiverem a casca porosa podem ser perigosos para comer. Não coma nunca os ovos que tenha estado em água suja, mesmo que os limpe muito bem por fora. E, se não tiver fontes na sua terra, aconselho-o a desistir de ter patos. É evidente que pode construir um tanque artificial em cimento, barro ou com qualquer material plastificado enterrado no solo, mas nestes casos tem de ter possibilidades de renovar a água.

(Interrompo aqui a narrativa de John Seymour para dizer que se tivesse lido isto antes de arrancar com a criação de patos, provavelmente teria pensado duas vezes antes de o fazer).

Continuando…

Um pato bravo tomará conta, e terá mesmo muito prazer em o fazer, de meia dúzia de patas, mas estas são mães lamentáveis. Se as deixar chocar, tem de as fechar forçosamente numa incubadora, pois de outro modo podem matar os filhos arrastando-os por toda a parte, atrás delas. As galinhas são melhores mães do que as patas. O período de incubação dos ovos de pata é de 28 dias.

Os patos pequenos precisam de uma alimentação muito cuidada. Desde o primeiro dia até à décima semana, dê-lhes tanto de cevada ou de outros alimentos quanto eles o desejarem e, junte-lhes leite. Alimente os patos do mesmo modo que alimenta as galinhas que não são para engorda. O pato não come tanta erva como o ganso, no entanto encontrará sozinho grande parte da sua alimentação, se puder ir até à água ou até ao lodo. É parcialmente carnívoro e come lesmas, serpentes, rãs minhocas e outros insectos. Não deixe que as patas engordem muito, pois os ovos serão estéreis. À guisa de pequeno almoço, os patos gostam de uma papa de legumes cozidos, flocos de aveia, farinha de ervilhaca ou de feijão, farinha de trigo e um pouco de farinha de cevada. Dê-lhes metade de uma mão-cheia todas as manhãs e outra metade à noite. Se achar que ficam muito gordos, diminua as rações; se os achar muito magros, aumente as rações, como é óbvio.

Deve matar os patos pequenos quando eles tiverem dez semanas; de qualquer modo, não irão aumentar muito de peso. Evidentemente que também pode comer patos mais idosos, mas estes serão mais duros e com mais gordura.

O abrigo para os patos pode ser extremamente simples o que não significa que seja feito de qualquer modo. Os patos gostam de abrigos secos, sem correntes de ar, mas bem arejados. Se for um abrigo que possa ser transportado, melhor, pois se assim não for, o espaço imediatamente à volta torna-se num verdadeiro esterco. O abrigo também deve ser resistente às raposas e aos ratos.

Devo dizer que me identifico com o que John Seymour escreveu no seu livro, sobre patos, mas para além da sua opinião e também do relato das minhas próprias experiências, deixo aqui também a opinião que transcrevo de outro livro neste caso do livro Vida – Um guia de autossuficiência, cujos autores não são totalmente coincidentes com o relato de John Seymour, mas isso também poderá ter a ver com as diferentes localizações geográficas dos autores: Inglaterra e Brasil.

Ilustração de uma instalação de criação de patos
Esta ilustração mostra como se pode instalar uma pequena produção de patos.
O comedouro é bastante original e económico: de um pneu velho
obtêm-se dois comedouros.
Os patos são aves resistentes, rústicas, que adoecem muito pouco. A criação é fácil, e as fêmeas são ótimas chocadeiras e criadeiras. Elas criam bem os filhotes, defendendo-os de animais em geral. A criação pode ser feita em pequenas áreas, em sítios ou fazendas, e mesmo no fundo do quintal. Os patos produzem carne de ótima qualidade, saborosa. Os seus ovos são maiores e mais ricos em proteínas do que os ovos de galinha e encontram grande aceitação no mercado, atingindo preços muito bons. São muito procurados por pessoas com anemia.

Se você pretende criar patos, comece com um macho e quatro fêmeas. Para isso, basta dispor de uma área de dez metros quadrados, com chão de terra batida. Não é necessária nenhuma construção para as aves, somente caixas de madeira com palha de 45 cm de comprimento por 40 cm de largura, para os ninhos. Devem ficar em lugar escondido. Se possível, improvise uma cobertura. Para comedouro, utilize pneus cortados pela metade. E, se puder, coloque num canto do quintal uma caixa de concreto pequena para o banho dos patos.

Existem três variedades de patos: a branca (ave toda branca), a preta (toda preta, com penas brancas nas asas), e cinza ou azulega (colorido branco e cinza ou azulega). Existem, ainda, os patos vermelhos (marrons). No início da criação escolha, de preferência, aves de uma só variedade (cor) caso contrário, a mistura será muito grande, originando aves de colorido muito variado, indefinido.

Crie patos com ração de galinha, misturada com um terço de milho (fica bem mais barato). Além disso pode alimentá-los também, ou somente, com restos de comida, cascas de comida, cascas de batata, pois eles aceitam de tudo. Com relação à alimentação e aos cuidados, é bem mais fácil criar patos do que galinhas.


A POSTURA

Em geral as patas põem de 60 a 100 ovos por ano, dependendo do manejo. Se elas próprias chocam os filhos e os criam, a postura é menor – 45 a 60 ovos. Mas se elas apenas chocam e os filhotes vão para a criadeira, reiniciam a postura pouco tempo depois do choco. A postura é maior na primavera e, nos meses de janeiro a maio, elas praticamente param de botar. Em geral, põem de 15 a 20 ovos, param e chocam até atingirem a postura total. Após 30 dias de incubação, nascem os patinhos. O melhor é colocar várias patas, para chocar no mesmo dia – cerca de 12 a 15 ovos por ave. Depois de nascidos transfira os patinhos para uma ou duas patas. As outras ficam liberadas para reiniciar a postura. Uma opção ainda melhor é colocar todos os patinhos em criadeiras aquecidas por lâmpadas elétricas. Uma caixa de madeira, forrada com uma camada de limalha de madeira e papel, pode resolver o problema. Mas se o criador dispuser de incubadora e criadeira (à venda no mercado), pode usá-las sem problemas.

Depois de nascidos, deixe os patinhos na criadeira por trinta dias. Nos cinco primeiros dias, dê quirera de milho bem fininha. Depois desse período, alimente-os com ração para pintinhos. Forneça água sempre limpa, trocada diariamente. Muito cuidado: improvise bebedouros bem rasinhos, para que os patinhos não se afoguem.

Quando os patinhos completarem 40 dias, leve-os para um local aberto, separados das aves adultas. Troque a alimentação. Dê ração para frangos, misturada com quirera e farinha de milho em partes iguais. Sirva a ração em cochos de madeira e a água em calhas de zinco. Quando as aves atingirem dois meses vacine-as contra Newcastle (existe vacina única para duas doenças). Nesse ponto, separar as fêmeas para postura e os reprodutores. Os que restarem deixe para consumo ou comercialização, vivos ou abatidos. Com essa idade, os patos atingem peso de 2,5 a 3 quilos, depois de limpos.

DOENÇAS

Apesar de raras, eventualmente pode aparecer alguma doença na criação. A mais comum é o “descadeiramento”, provocado pela falta de vitaminas na alimentação e caracterizado pela atrofia das pernas. Para prevenir a doença use uma alimentação
balanceada e rica em vitaminas. Às vezes, os patos têm diarreia, acompanhada de hemorragia intestinal., Alguns criadores do interior costumam usar 100 gramas de borra de café, misturadas com dez litros de água. Apesar de ser um remédio caseiro, sem nenhum fundamento científico, costuma dar bons resultados.

Recomendações para o iniciante na criação de patos: a cada quatro meses, dê às aves vermífugos à base de piperazina, principalmente se eles forem criados soltos, em locais onde haja lagos. Eles se alimentam de lodo dos lagos e ficam em contato permanente com a terra, sujeiras e verminose. Para a criação criada solta, construa um abrigo, mesmo pequeno e rústico, para os patos se protegerem do sol. Descarte as fêmeas após dois anos de idade, pois a postura diminui muito daí em diante. Jamais coloque patos em gaiolas (viveiros) porque eles criam calosidades na sola dos pés.

Além disso, no caso de criações grandes, em áreas maiores, faça várias divisões: para reprodutores, para as aves pequenas até trinta dias e para aves até noventa dias.




Comentários

  1. Incrível. É a única palavra que tenho a dizer para suas escrituras sobre os animais, aprendi muita coisa aqui e venho lhe agradecer de forma sincera, não sabia muita coisa sobre patos e galinhas, tenho um quintal que é muito bom para criar animais, possui 2 mangueiras e 1 coqueiro, tenho(Até agora) 1 galo, 4 galinhas, 1 pato e 2 patas, os patos são da raça "pato-mudo" e sei que deve ter mais fêmeas e já estou a procura. Você poderia me dizer como criar aquelas casinhas de patos e os ninhos também? Caso possa ficarei mais agradecido!

    Afetuosamente,
    Pablo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pablo. Obrigado pelo comentário.
      Você pode fazer casinhas para as patas com madeira que deverão ter cerca de 6Ox60cm e, caso fiquem em terreno descoberto, deverão ter telhado.
      Mas, pela experiência que tenho da minha criação de patos, o importante mesmo é ter uma vedação com dois ou três metros quadrados para resguardar os patinhos e a mãe, durante as primeiras semanas, após o nascimento. As patas são um bocado trôpegas a andar e muitas vezes pisam os filhos e se os ninhos forem pequenos até os esmagam com o corpo. Por isso os ninhos devem ser grandes e com bom acesso.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço.
      José

      Excluir
    2. Minha pata já está chocando a mas de 35 dias e agora estou encontrando ovos fora do ninho o que devo fazer

      Excluir
    3. É estranho, os ovos já deveriam ter eclodido, por isso algo de errado se passou. De qualquer maneira experimente colocar de novo os ovos no ninho e esperar mais uns dias para ver o que acontece.

      Excluir
  2. José, poderia me dizer por que meus patos não querem pôr ovos? Uma vez o pato e a pata fizeram um ninho, mais minha vó desfez, tem uns cantos que é "ninhos" para as galinhas, a pata tenta de todas as posições mais não coloca, essa é minha dúvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pablo. Sinceramente não sei qual a razão, poderá ser por causa de lhe terem desfeito o ninho, porque as patas gostam de ter privacidade, mas é apenas uma probabilidade.
      Acho que deve tentar fazer-lhe um novo ninho, mas de qualquer maneira a pata vai acabar por botar os ovos.

      Excluir
    2. É, simples, Pablo. Seus patos não querem botar ovos, porque quem bota os ovos são as patas.

      Excluir
  3. José, minha pata já pôs 4 ovos, mais me preocupo por criar também galinhas e as mesmas põe no ninho da pata os ovos, então fico preocupado que na hora de chocar, todas queiram chocar no mesmo ninho...O que me diz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que tirar os ovos do ninho da pata e quando tiver alguma galinha pronta para chocar, deve fazer-lhe um ninho e colocar-lhe lá os ovos para chocar, mas atenção que os ovos não devem ter mais de dez dias.

      Excluir
    2. Então as galinhas/patas só devem chocar ovos que tenham de 10 dias para baixo?

      Excluir
  4. José, outra coisa, eu ganhei três patos filhotes e os coloquei no quintal, o pato macho correu atrás deles e tentou brigar com eles, depois os prendi em um grande viveiro lá no quintal, o macho só fica olhando, não sai de perto do "viveiro", o que seria isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pablo!
      Claro que para chocar convém que os ovos não tenham muito tempo, mas não quer dizer que não os possa colocar com mais de dez dias, mas não muito mais.
      Quanto ao pato macho quando viu os três patos bebés, agiu de acordo com o seu instinto animal, os patos são um bocado agressivos, embora não pareça, por isso não os deve manter juntos no mesmo espaço.

      Excluir
  5. Olá José!!!

    Estive procurando muito sobre como criar patos, diferença entre machos e fêmea e com relação a agressividade. meu noivo trabalha em um colégio onde possuem criação de patos e outros animais. Uma das fêmeas teve muitos filhotinhos e os criadores começaram a vender os filhotes senão...o fim deles seria outro. Meu noivo com dó adotou dois que estavam numa caixinha de papelão jogados por lá. Muito fofos!! criamos eles com verduras...carinho...embora não fazíamos ideia de como cuidar de patos. O pessoal quando venderam pra ele disseram que era uma fêmea e um macho. Mas sinceramente hoje estou com dúvidas...um deles é um pouco maior e tem um pouco mais verrugas no bico do que seria 'ela'. mas 'ela' é muito mais agressiva do que 'ele'!! 'Ela' fica direto com as penas da cabeça arrepiada e abanando o rabo, subindo e descendo a cabeça....e 'ele' só corre dela. Acredito que eles atingiram a fase adulta a pouco e estão demais de agressivos com a gente também...os dois pulam nas nossas pernas e dão muitas bicadas. Eu não sei o que fazer, to ficando com dó...porque não sei se são dois machos que estão juntos, ou se é falta de domar os dois...não sei. Poderia me dar algumas dicas? Quero o bem para os dois. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol!
      Normalmente os machos são um pouco maiores do que as fêmeas, mas neste caso fiquei com dúvidas porque os machos são mais agressivos e eles é que correm atrás das fêmeas e não o contrário. E são muito brutos dando bicadas na cabeça da fêmea com muita violência. Mas se fosse a si não me preocupava muito, pois é a própria natureza deles que os faz agir assim. Também pode ser que não sejam um casal e andem apenas a divertir-se, por isso, repito, não fique preocupada porque os patos não merecem essa preocupação, são aves que não sentem qualquer afeto pelos donos.
      Apresento os meus cumprimentos e agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  6. eu tenho uma pata brava ela a coisa dum mes pos um ovo agora pos outro ela parrou ela vai por mais o nao.

    ResponderExcluir
  7. José pedia que me ajuda-se no seguinte ,,tenho várias patas mudas e 2 patos machos,mas não sei porquê as patas fazem posturas normais de 15 e mais ovos ficam no choco durante todo o tempo e os patinhos não nascem acabando por morrer do ovo algum ainda picam outros nem isso fazem .já não sei o que fazer pois teêm todas as condições para procriarem bem ,até lago para se banharem durante o choco .Veja se me pode ajudar pois não queria desistir das minhas patas.obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Experimente virar os ovos no ninho duas ou três vezes ao dia. Também é possível que alguns ovos da postura já tivessem demasiado tempo quando as patas ficaram no choco e seja por isso por isso que os patinhos não nascem. Os ovos não devem ter mais de dez a doze dias.
    Não sei se será a solução, mas não tenho conhecimentos para a poder ajudar mais, espero que consiga daqui para a frente ter boas ninhadas.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, tenho um ovo fora do ninho que está semi aberto mas o patinho esta vivo e é visivel o seu bico e os seus movimentos. O ninho de onde ele veio ainda tem a pata a chocar os restantes ovos e ja se passou mais de mes? O que faço? Já improvisei uma incubadora numa caixa e com uma lampada para o ovo fora do ninho.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde. Obrigado pela visita e pelo comentário.
      Não sei o motivo que originou o ovo sair do ninho. Será que caiu e a queda provocou a quebra do ovo?
      Poderá tentar colocá-lo novamente no ninho, mas na incubadora é possível que o patinho sobreviva.Os outros também devem estar prestes a nascer.

      Excluir
  10. ola tenho 6 patos aqui em casa e 4 são femeas inclusive 2 mais novinhas que ainda não estão prontas para botar e dai meu pato começou a subir nelas e a querer acasalar e dai depois disso ela não conseguiu levantar e isso foi hoje queria saber se ainda tem chances de vida para minha pata

    ResponderExcluir
  11. por favor me deem uma informação sou a mesma pessoa do comentario acima

    ResponderExcluir
  12. gente me deem uma respsta pfavorr eu so o do comentário acima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é possível responder concretamente a essa questão. Acho que depende do estado em que ficou a pata; se ficou muito machucada pode não sobreviver, mas talvez esteja apenas traumatizada e com dores, podendo recuperar. Tem de ter cuidado porque os patos costumam ser violentos com as fêmeas.

      Excluir
    2. obrigadoo ta ajudo bastante

      Excluir
  13. olá tenho apenas patos brancos queria saber se eu posso fazer alguma coisa com o ovo para que os patinhos saiam pretos

    ResponderExcluir
  14. boa tarde tenho dois patos e treis patas dai um pato ele é meio que excluído por que o outro bate nele mais agora ele esta com um jeito estranho com uma pata tipo como se quisesse brigar com ela oque esta acontecendo?????

    ResponderExcluir
  15. José, minha pata botou dez ovos e de repente parou abandonando o ninho. Por quê?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se voc mecher muito no ninho ela abandona ou também ela pode ter arrumado um ninho melhor e ter mudado e se voc achar o ninho novo coloque os 10 ovos la dai ela vai chocar normalmente

      Excluir
  16. Obrigada,Luan.Na verdade eu não mexia, eu só olhava todos os dias para contar o próximo ovo e ela parou.Chegou nos dez e nada... Agora, ela arrumou outro ninho mesmo-como você disse- e já botou 6 ovos.Estou aguardando para ver o que acontece,porém continuo visitando,todos os dias,a ninhada. Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. ola boa noite
    minha marreca descadeirou
    tem algum tipo de remédio para dar

    ResponderExcluir
  18. de nada tomara que nasça todos deus patinhos e cresçam todos fortes :)

    ResponderExcluir
  19. não há remédio para sua marreca aconteceu isso com minha pata por que o pato descadeirou e o fim dela foi a morte infelismente

    ResponderExcluir
  20. Olá! Tenho uma criação de patos mudos. Tinha 10 patos brancos, fui matando aos poucos para a alimentação e deixei um casal. Eles se reproduzem? Pois li num texto que não, e fiquei com essa dúvida? Outra dúvida, minha vizinha colocou sua pata e seus 15 patinhos no meu capoeiro. Separei-os dos outros, mas a cada dia aparecida um morto, com o pescoço quebrado, não estava comido. Esses 15 filhos não eram todos dela? Pois no final na postura de duas patas, ela juntos todos para uma só. Será que essa pata que ficou com os patinhos não reconhece os filhos da outra e está os matando? Pode acontecer isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigado pelo comentário.
      Provavelmente os seus patos brancos são de uma raça criada exclusivamente para produção de carne e não se devem reproduzir. No entanto, poderá aguardar algum tempo para ver o que acontece.
      Quanto aos patinhos, como são muitos, o que deve estar a acontecer é serem pisados, acidentalmente, pela própria mãe. Em ninhadas grandes, como as patas são pesadas e um pouco trôpegas, é comum isso acontecer e alguns não sobrevivem. Comigo também acontece isso.

      Excluir
  21. tenho 3 patas e um pato..uma delas chocou 10 ovos e nasceram os patinhos .. pela razão do pato ser muito agressivo doei ele..queria saber se as patas vão parar de botar ovos..sem ter uma pato macho elas não botam mais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As patas não vão deixar de botar ovos, só não vão é chocar mais e, logicamente, não vão nascer mais patinhos.

      Excluir
  22. Oi, quando uma pata sai do ninho deve ficar quanto tempo fora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a pata estiver a chocar ovos não vai estar muito tempo fora do ninho, pois os ovos não podem arrefecer. Há espécies de aves em que o macho fica no ninho quando a fêmea se ausenta, mas acho que não é o caso dos patos, pois estes são pais pouco responsáveis.

      Excluir
  23. ola queria saber porque os patos morrem quando vao na lagoa que tem agua pé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Se bem entendi a sua pergunta, os patos morrem quando entram na água da lagoa que é pouco profunda. Acho que isso só pode acontecer se a agua estiver contaminada, não vejo outra razão.

      Excluir
  24. Tenho um pato e duas patas uma delas chocou e teve os patinhos,com 5 dias começaram á morrer,aqui por perto tem muitos pardais que tem como verrugas nas pernas eles se alimentavam junto com os patinhos depois de um tempo os patinhos começaram á inchar e morrer,será que a causa da morte deles seja alguma doença que os pardais transmitiram?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me parece que o problema seja dos pardais. Talvez fosse alguma coisa que estivesse na comida que tenha feito mal aos patinhos.

      Excluir
  25. José, ganhei um patinho de um aluno meu e depois de quinze dias comprei um casal de galinha garnizé do pescoço pelado porque ele estava muito sozinho. Eles se deram super bem, a galinha ja botou oito ovos e esta chocando. Previsão de nascer é dia 08 de novembro agora. Mas alguns dias atras ganhei uma pata adulta já, esta botou um ovo só desde que a trouxe para casa, botou ainda dentro do carro na gaiola. Junto com a pata trouxe outra galinha comum e uma galinha chinesa que também botam ovos. Mas o problema é o seguinte: a pata desde que chegou aqui não botou mais ovos. O macho ainda é novinho, esta empenando agora. Pode ser que ela não esta botando porque o macho ainda é novo demais? Ou ela deveria botar mesmo sem macho assim como as galinhas? Outra dúvida: as outras galinhas chegaram aqui quando a garnizé ja estava chocando certo, aí fizemos ninhos separados mas a garnizé as vezes sai do ninho dela e vai para o ninho das outras. e o patinho novo nao larga da garnizé, e sempre esta lá no galinheiro com ela, quando nao esta em um ninho esta em outro ajudando ela a chocar kkk...isso aqui ta uma bagunça. Juro que não sei o que fazer...me da uma ideia por favor? meu email ingridmsaad@gmail.com grata!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ingrid. Obrigado pelo comentário.
      O motivo pelo qual a pata adulta não pôs mais ovos não tem nada a ver com o facto do macho ser ainda muito jovem. Talvez tenha estranhado a mudança de dono, ou tenha entrado numa fase de não postura, mas vai voltar a botar ovos, não se preocupe.
      Quanto à bagunça na sua capoeira, parece-me apenas um excelente convívio entre aves de raças e tamanhos diferentes, o que não é muito habitual, porque normalmente essas aves quando não são criadas juntas, costumam guerrear.
      Acho que só fazendo divisões no galinheiro conseguirá evitar a confusão e isso é aconselhável que faça, porque as aves quando estão a chocar os ovos precisam de algum sossego e a garnizé não pode abandonar o ninho por muito tempo, não vão os ovos arrefecer.
      Espero ter ajudado...

      Excluir
    2. Agradeço muito pela resposta! De fato a garnizé abandonou o ninho no 21º dia e não voltou mais nem sequer para ver se nasceram os filhotes. Ficamos sem entender e fomos mexer nos ovos. Porque até então eu não tinha mais mexido no ninho, apenas trocado a serragem do galinheiro. E então descobrimos que estava infestado de piolho o ninho da pobre garnizé, por isso ela não aguentou até o final. Enfim, de oito ovos apenas dois sobreviveram. Estão com 3 dias hoje, são bem pequenos e ainda não se alimentam sozinhos. Eu dou água misturada com ração em um conta gotas. Eles estão numa caixinha de papelão com água e quirera porém não comem sozinhos e coloquei uma lâmpada para aquecê-los. Tomara que sobrevivam!!!

      Excluir
  26. boa tarde...gostaria de saber porque minhas galinhas pararam de por ovos...depois que mudei os ninhos,por causa dos piolhos elas simplesmente pararam,só uma continua a por,mas põe em lugares diversos,por exemplo no meio do pátio...sem mais agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As galinhas não gostam muito que lhes mudem os ninhos, mas não é por causa disso que deixam de pôr. Provavelmente puseram os ovos num local onde ainda não os viu.

      Excluir
  27. Já eliminei os piolhos,será que elas voltam para os novos ninhos?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, em principio acabarão por ir para os ninhos.

      Excluir
  28. Que danos ou sintomas os piolhos podem causar em humanos????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve evitar ser picada pelos piolhos, pois poderá ficar com comichão ou algo do género, mas acho que não causam danos graves. No entanto, a este respeito, não lhe posso dar uma resposta assertiva porque, sinceramente, não sei...

      Excluir
  29. Olá! Gostei do seu artigo a aprendi muito também! Aqui temos 1 casal e a pata está chocando, mas ela mesma fez o ninho em um barranco da chacara! Tá bem escondido. Minha dúvida é que depois que li aqui que as patas são mães meias desnaturadas e atrapalhadas, se eu posso trocar o ninho de lugar, ou tenho que esperar os ovos eclodirem mesmo? Aqui é da raça pato mudo! Ela começou a chocar dia 19/10! Desde já te agradeço!!! Boa tarde!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucyhana.
      Nas minha opinião não deve mexer no ninho. As patas gostam de privacidade e deve aguardar pela eclosão dos ovos ali mesmo. Se mudar o ninho a pata pode rejeitar os ovos e, caso não exista nada de anormal com o local que ela escolheu, deixe-a à vontade.
      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  30. Estou muito triste. Encontrei um patinho pequeno de tudo na rua e levei para cuidar em casa. Arrumei uma chocadeira bem quentinha e um lugar ao lado para ele ir se estivesse com calor. Ele só queria ficar perto da lâmpada para se aquecer. Ele estava bem, pulando e nadando. De repente, fui olhar na caixa e estava mortinho.

    ResponderExcluir
  31. Boa noite . Moro numa chacara e uma pata que de vez em qdo voava no meu quintal , ficou de vez e fez um ninho dentro de uma casinha de cachorro vazia . Está chocando 9 ovos . Eu não tenho experiencia nenhuma com patos , mas darei a ela e os filhotes abrigo , comida e o que for nescessario . Mas não sei por onde começar . Como cuido dos patinhos ? tem algum artigo que fale sobre isso ? Desde já agradeço . Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem com que se preocupar. Deve apenas fornecer comida e água à pata e, quando os patinhos nascerem, ter à sua disposição comida própria para pintos, para além de um recipiente com água. Depois é só deixar as coisas seguirem o seu rumo natural, pois, em princípio, a pata cuidará dos seus filhotes.

      Excluir
  32. Eu tenho uma pata com 18 ovos í estou muito feliz pq quero um dia ter meu pro pop negócio com patos e galinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força nisso, Ronilson. Desejo-te muita sorte com o teu futuro negócio!

      Excluir
  33. Olá! Adorei o seu post e tenho uma dúvida quanto ao lago para os patos, pois construímos uma pequena lagoa para eles, porém, verificaos que ela estava com larvas. Nessa época de dengue, zika e chicunguya, ficamos preocupados e tiramos a água. Gostaria de saber o que fazer? Pois queremos que os patos continuem com sua lagoa, mas sem corrermos risco. Pode-se usar larvicida na água? faz mal aos patos? Os patos preferem água suja ou limpa? Sabemos que o Aedes aegypt não gosta de água suja.

    ResponderExcluir
  34. Olá! Obrigado pelo comentário.
    É preferível que os patos tenham sempre água limpa, no entanto isso nem sempre é possível, pois são aves que sujam muito a água. O ideal seria que tivessem água corrente à disposição, de outro modo a água terá que ser mudada periodicamente de modo a que esteja sempre em condições de higiene aceitáveis.
    Alguns patos até podem gostar da água suja, mas nem sempre se deve ter o que se gosta e o melhor mesmo é água limpa. Quanto ao usar larvicida na água, não faça isso; o melhor mesmo é manter a agua sempre mais ou menos limpa.

    ResponderExcluir
  35. Boa noite!
    Minha pata começou a choca dias 10/02/16 alguém sabe me dizer que dia aproximadamente os patinhos vão nascer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como a incubação demora cerca de 30 dias, os patinhos estão a nascer não tarda nada...

      Excluir
  36. preciso de uma resposta .... agora se posivel ... tenho uma pata ela esta sem o pato desde o terceiro ovo, sera que os outros ovos vao pretar para o choco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ver se os ovos estão fecundados coloque-os, a partir do 5º dia da postura, contra uma fonte de luz, como uma lanterna ou uma lâmpada, de preferência estando em um local escuro. Desse modo será possível ver o interior do ovo e verificar a presença ou não do embrião.

      Excluir
    2. como assim e esse embrião eu sou novo nessa área de criação.... mas será quem tem chances desses ovos estarem fecundados.....ja que o pato so ficou ate o terceiro ovo...... tenho medo de deixar esses ovos no ninho e eles nao estarem galados...

      Excluir
  37. Respostas
    1. Passados cinco dias sobre a postura pode tentar verificar se o ovo tem no seu interior manchas escuras, se não tiver possivelmente não estará fecundado, volte a colocá-los no ninho e verifique alguns dias depois, se os ovos estiverem sem manchas o melhor é retirá-los do ninho.
      O pato tem que estar sempre com a pata para que ocorra o acasalamento, caso contrário o ovo não estará fecundado. Resumindo, as probabilidades de os ovos depois do 3º terem embrião são quase nulas, mas tente verificar o interior dos ovos utilizando uma luz forte.

      Excluir
  38. essa verificaçao pode ser antes de ela começar a chocar os ovos.......ser for antes qual deve ser o estado dos ovos

    ResponderExcluir
  39. ola pessoal,comprei uma pata que ia para abate para cria-la ( ufa uma foi salva )e ja tinha um pato,mau chegou e ja pegou ela,alias nao para de pega-la proncipalamnte em baixo dágua,agora ela botou 1 ovo ontem,outro hoje,mabos no mesmo local que fez o ninho,mas nao esta ficando no ninho,gostaria de saber se e normal ou se ela so comeca a chocar quando terminar de botar,podem me ajudar ?cesar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente a pata não está choca e por isso não fica no ninho. É melhor esperar para ver o que dá.

      Excluir
  40. Olá tenho casal de patos mandarim, este ano já pôs 5 ovos mas ainda não chocou, será que posso colocar os ovos numa galinha ou devo esperar que ela choque? Também não sei a quanto tem ela já pôs os ovos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é melhor esperar. Provavelmente os ovos não estarão fecundados e, se assim for, não adiante colocá-los numa galinha.

      Excluir
  41. Boa noite
    eu tenho 3 pata e 2 pato uma das minhas pata choco 7 ovos e nasceu tds mais 2 dos patinhos nao anda eles so rolam sem equilibrio nem um sempre q uma pata choca 2 ou 3 patinhos acontece isso vc pode me dizer por qual motivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente não sei ao certo, mas o mais provável é os ovos terem eclodido antes do tempo e os patinhos terem nascido tão frágeis que não se aguentam de pé.

      Excluir
  42. muito obrigado pela informaçao...adorei esse site tirei muita duvida...

    ResponderExcluir
  43. por favou os ovos da minha pata tomou muita chuva mesmo a si vai ter patinho ou nao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende do tempo que os ovos estiveram à chuva, Mas, então, a pata não estava no choco?...

      Excluir
  44. Tenho um casal de patos mudos, a fêmea está no choco, cerca de 3 semanas, o casal está junto, pode continuar junto quando os patinhos nascerem ou devo separar o macho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pode deixar normalmente, mas seria melhor se separasse e deixasse a prole fechada com a mãe para garantir

      Excluir
  45. Com quantos meses a pata larga os patinhos e inicia a postura novamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente 2; meses depois mais depende da pata pode fiar até eles ficarem dultos

      Excluir
  46. Uma mistura de híbridos de patos com marreco pode fecundar uma pata?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pois um híbrido de pato com marreco e estéril por isso mesmo que ele ascasale com uma pata seus ovos não fecundação

      Excluir
  47. Olá, bom dia ! Me ensina por favor! A PatA está no ninho com 16 ovos , porém ela sai ,mas de vez em quando ela sai entra no tanque de água se banha e aí o Macho pega ela trepa nela, . é normal essa coisa? Ou tenho de separar o Macho? O que faço é como faço? Eles vivem no meu quintal !

    ResponderExcluir
  48. Bom dia, o q faço com minha galinha ela só quer ficar agachada ,era perfeita e botava um ovo ao dia ! Existe algum remédio? Obrigada Suzy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o pato não colaborar no choco dos ovos e se com o seu comportamento impedir a pata de o fazer (os ovos não podem arrefecer em demasia), o melhor é separá-los.
      Quanto à sua galinha, não estará também ela a chocar os ovos? Se não for isso ela pode estar doente, mas não tenho dados para poder adiantar algo mais...
      Obrigado pelos comentários.

      Excluir
  49. Ok, muito obrigada joalec henry !!!!

    ResponderExcluir
  50. Olá bom dia, meu nome é Selma Lupetti e eu tenho uma patinha...na verdade era um casal que apareceram no meu quintal tem mais ou menos uns 9 anos. O pato era lindo os dois são branquinhos grande de repente ficou doente e morreu. Dei remédios comprados em aviários mas não funcionou e fiquei sem saber ao certo o que o vitimou. Ficou a patinha ela anda com um galo prá cima e prá baixo os dois são amiguinhos, mas ela também está apresentando problemas...não tem botado, anda apática e noto que em baixo dela, parece que está inchado, o que pode ser, qual remédio apropriado, uma vez que eu moro em cidade...se puder me ajudar desde já agradeço-lhe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só agora reparei neste comentário que foi parar à caixa de spam. Peço desculpa de não ter respondido em devido tempo. Espero que a patinha tenha ficado boa...

      Excluir
  51. Bom dia a todos!

    Procurei sobre o assunto, mas não encontrei. Por isso a minha pergunta:

    - Como identifico que a pata está choca?! Tenho duas fêmeas, e um macho. E este por sua vez, pega as duas. Mas como tenho pouca experiência na criação das aves, ainda não consegui identificar o momento certo de preparar o ninho para elas.
    Eu percebi que uma delas, fica emitindo um pio continuo em alguns momentos. Seria esse o momento de deitá-la no ninho?

    Obs: Ambas estão colocando ovos frequentemente.

    Desde já, agradeço pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem que deitar a pata no ninho. O processo ocorre naturalmente e ela ficará no ninho quando estiver pronta para o fazer, portanto quando estivar choca. Quanto a preparar o ninho, acho que o pode e deve fazer com alguma antecedência.

      Excluir
    2. É verdade! O processo foi todo natural.
      Conforme já explano aqui, tenho duas patas, e uma entrou no choco no dia 17 desse mês. Ela mesmo preparou o ninho dela próximo ao pé de aimpim, e começou a chocar um único ovo que ela mesmo pôs. Como eu já tinha outro disponível, ela está com dois ovos chocando.
      Vale ressaltar que a presença de um PATO é crucial, para que os ovos saiam galados (com embrião).
      E as bichas têm hábitos estranhos mesmo! A outra resolveu pôr seus ovos dentro de um espaço reservado à horta.
      Em breve, ela deverá começar a chocá-los também.

      Excluir
  52. em minha pata ta com 6 avo mudei o lugar do niho tem agum problema

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não tem problema se a pata não rejeitar o ninho está tudo bem...

      Excluir
  53. Amigo boa tarde, tenho um casal de pato e a pata esta botando em varios lugares diferente, fis um ninho e vo colocando os ovos la juntinhos mas no outro dia os ovos entao todos enterrados isso é normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não me parece que seja normal, comigo isso já aconteceu mas foi com galinhas. O mais provável é que a pata não esteja fecundada e esteja a rejeitar os ovos. Mas, para ser sincero, não sei ao certo o que possa ser.

      Excluir
  54. Olá!! Eu encontrei uma pata mudo aqui perto de casa, tinha voado para meu quintal mas não tenho condições e nem local adequado para criar a ave. O que posso fazer?? Grato!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente a pata será de algum vizinho seu. Tanto quanto sei os patos mudos não são grandes voadores, por isso acho que o dono não deve estar muito longe...

      Excluir
    2. Então...aqui ninguém falou que eram deles. Busquei e nada de encontrar o dono. Sabe me informar se tem algum local onde aceite animal desse porte???

      Excluir
  55. Boa tarde, minha pata está bem abatida. A crista não está avermelhada.
    Poderiam me dizer o que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as aves têm fases menos boas, em que andam abatidas. Não é possível adiantar uma razão para isso, pode ser que a sua pata esteja numa dessas fases.

      Excluir
  56. olá minha pata ta botando ovo, mas não sei se o macho cobriu ela, seria possivel uma pata botar ovo sem nunca ter sido coberta por uma macho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que as patas botam ovos mesmo sem terem tido contato com o macho. Se ela não ficar no ninho chocando os ovos é porque não estão fecundados.

      Excluir
  57. A MINHA PATA FAZ UMA SEMANA QUE PAROU DE POR ACHO QUE ELA NAO CHOCA ISSO E POSSIVEL O QUE DEVO FAZER .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a pata não ficou no ninho a chocar os ovos é porque estes não estarão fecundados. Provavelmente não conviveu com o pato o tempo suficiente, não sei. Não acho que seja caso para preocupações, deixe as coisas ocorrerem naturalmente.

      Excluir
  58. Oi eu tenho uma pata de estimação,ela chama estrelinha,atende pelo none,vai ate a cozinha avisar que quer mais tomate,na hora de dormir ela pontualmente vem para a cozinha para dormir na banheira,e sobe as escadas sozinha,quando chamamos ela pelo none,ela responde,ela anda de carro, e é muito carinhosa,quando ganha beijo,sai correndo batendo as asas de alegria, só tem um porém, toda vez que ela bota nós tiranos os ovos todos os dias e vamos doando, quando ela bota uns 13 ovos ela fica com as asas erguidas, com um piado estranho, não reconhece mais a gente, chega até a ser acrescida, e não quer ficar no jardim nem muita na piscina; ele foge e quer ficar na banheira fazendo ninho de jornal,sem ter ovos,só que das outras vezes passava com uma semana essa fase dela agora ja faz 45 dias,e ela não volta ao normal,minha filha chora muito,ela faz veterinária,mais como,o pato não para ser criado cono animal de estimação,eles não sabem nada,só sabem tudo sobre engorda vacinas etc.sabe me dizer o que fazer,mais eu posso te garantir,eles entendem sim,eu posso ate mandar vídeo pra você,só convivendo com um bem de perto pra vc ver o quanto eles são amororos,e conversam muito com a gente,se eu entrar 1000 vezes no banheiro1000 vezes ele fala comigo na língua dela tipo pio bem baixinho,tipo to aqui.me ajuda ela não está reconhecendo a gente a está punicando a gente porque ela quer ficar na banheira como se ka fosse um ninho,mais não tem ovo,ela não está botando,e pior esta muito magra comendo muito pouco,ela comia 8 tomate por dia agora ela naot quer mais tomate,só come ração de postura,com algumas vitaminas que a gente coloca,ela é vacinada,e piscina dela e trocada s agua todo dia ela tem um jardim só pra ela,e a noite dorme dentro de casa obrigada me ajude.futuramente poderei te ajudar com o melhor professor ,médico,veterinário,da anhembi,https://m.youtube.com/watch?v=KAmaiuJ4prcsobre criação de galinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Obrigado pelo comentário.
      O comportamento estranho da pata poderá ser motivado por chegar ao fim de um ciclo de postura e estar fora do seu habitat natural . O facto de não ter um ninho com os ovos também pode contribuir para o seu nervosismo. Talvez lhe falte a companhia de outras aves da mesma espécie, mormente um pato macho, porque ela pode ter vontade de chocar os ovos.
      Sinceramente, não sei que mais lhe possa dizer. Na minha opinião acho que a pata deveria conviver com outros patos e patas e ter o seu espaço próprio. Provavelmente ela procura a companhia humana por não ter outras aves por perto. Os patos não diferem muito de outros animais como o cão ou o gato que gostam muito dos donos, mas que quando podem fogem para o pé dos seus companheiros de raça.

      Excluir
  59. Olá estou muito preocupada com minha marreca de quase três meses, ultimamente fraca, cambaleante, as pernas mais afastadas que o normal mas as patas entortando para dentro, quase o tempo todo prefere ficar deitada. Tem alguma forma que ajudá-la a melhorar, algum remédio, vitamina, exercício para as patas dela voltarem ao normal, desde já agradeço,
    Cristina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez a sua marreca esteja com botulismo. Se for essa a doença pouco há a fazer, a não ser manter o local que habita limpo e dando-lhe alimentação fresca. Se a marreca estiver a coabitar com outras aves o melhor será separá-la, para evitar contágios.

      Excluir
    2. Pode ser que seja isso mesmo, não sei se algum antibiótico ajudaria, pois ela ainda sente fome, está com vontade de viver, vou procurar salvá-la, espero que ela melhore.
      Estamos mantendo o lugar limpo, comida também, água e ração fresca, vou separá-la do outro. Obrigada

      Excluir
  60. boa tarde é normal o macho do marreco carolina ficar no ninho junto com a fêmea

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é muito normal, mas se isso acontecer, ainda bem, será porque o macho talvez queira colaborar no choco dos ovos.

      Excluir
  61. seria verdade isso,que os ovos de galinha mais redondo gera fêmea e os mais bicudo gera macho

    ResponderExcluir
  62. boa tarde sou eu novamente ,se os dois marreco carolina for fêmea elas botam normalmente sem ter o macho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se os dois forem fêmeas botam ovos normalmente, só que, claro, não vão nascer patinhos porque os ovos não estão fecundados.

      Excluir
  63. Boa noite!!! No meu sitio tenho um casal de patos, e com água à vontade para nadarem. Acontece que há uma semana o macho desapareceu e encontrei um ninho com 03 ovos, ou seja, início de postura. Esses ovos e os que serão postos, uns 10 provavelmente, podem estar fecundados de um cruzamento anterior a uma semana, ou não tem a mínima chance de eclodirem por necessitar de uma cópula diária durante a fase de postura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se os ovos estiverem fecundados vão eclodir, mesmo sem a presença do macho, uma vez que este já terá feito o que é indispensável nestes casos.

      Excluir
  64. Olá, ganhei uma pata(fêmea), ela ficava com as galinhas no quintal, depois de um tempo ganhei 4 filhotes de patos não sei se são machos ou fêmeas, agora a pata(fêmea) mais antiga está brigando com um dos filhotes, porque será que isso ocorre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E normal os patos ou as galinhas mais velhas brigarem com as aves mais jovens quando são colocadas no mesmo espaço. O melhor é separar os patos mais novos até que cresçam.

      Excluir
  65. gostaria te saber quanto tempo o ovo fica fertiusem o poto

    ResponderExcluir
  66. Boa noite a todos!

    Ganhei um casal de marrecos, e fui informado de que para identificar o macho da fêmea, basta acompanhar o final das penas das asas. De fato, as penas das asas do macho terminam numa cor um pouco azulada. Enquanto que as asas da fêmea, acompanham a coloração de todo o corpo.
    Ambos são de cor cinza escuro por cima, e na parte do peito, um cinza mais claro.
    Alguém teria uma outra técnica para identificar o sexo dos bichos?
    Eles ainda são jovens, tipo uns 4 a 5 meses, e a fêmea ainda não começou a por ovos.

    ResponderExcluir
  67. minha pata teve nove patinhos,ha uma semana,porem desde que saiu do ninho,reparei que o pai agia de forma estranha,tipo beliscando eles,e pisando em cima...hj fiquei fora o dia todo e acabei deixando eles soltos,quando cheguei dois estavam mortos,com sinais de que teriam sidos esmagados....e possivel que seja o pai que ez isso,e pq?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, leia o comentário seguinte, do Reginaldo Serafim, que responde à sua pergunta.

      Excluir
  68. Geralmente os machos tendem a maltratar os filhotes. Independe de ser patos ou galinhas. O ideal é deixar a mãe com seus filhotes longe do macho, tipo em um local separado, onde o macho não tenha fácil acesso. As vezes, até mesmo as outras fêmeas maltratam os mais novos. Uma espécie de ciúme territorial. Principalmente na hora da comida.
    Separe os mais jovens dos demais, e quando estes atingirem uns 45 dias ou mais, aí sim, poderá misturá-los aos outros, para que eles possam ir se familiarizando.

    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  69. Tenho patos pequenos que estao a morrer nao sei as causas eram 9 agora so fiquei com 3 o que fasso

    ResponderExcluir
  70. Oi
    como faço pra saber se o bicho é femea ou macho(pato)
    se for femea ela precisa do macho para por ovos? com qual idade a pata começa a por os ovos?
    Grata

    ResponderExcluir
  71. Olá, minhas patas estão no choco e está começando a descascar. Tive a ajudar um deles a sair da casca.coloquei na estufa mas ele só dorme! Faz 8 horas! Esta todo seco já! Mas fica deitado na posição q estava no ovo. O q faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela minha experiência, eles ficam meio molinhos no primeiro dia mesmo,as perninhas ainda não firmam tanto por isso ficam deitados, se tiver saudável com certeza depois de 24h já estará bem firme e andando.

      Excluir
    2. Olá, estou a começar a criar patos mudos, tenho a primeira criaçao com cerca de um mês, ontem vi que eles bicavam-se uns aos outros provocando-lhe feridas a sangrar, principalmente por baixo das asas, estranho para mim. Alguem já teve esta experiencia?

      Excluir
  72. bom dia o sr conhece o ganso havai nene ,eu tenho um casal, eu gostaria de saber se os ovos dela pode ser chocado em galinhas desde já agradeço pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço essa raça de ganso, mas acho que os ovos podem ser chocados por galinhas, desde que estas estejam na altura do choco. Se tem alguma galinha nestas condições pode tentar a experiência.

      Excluir
  73. Oi! Tenho um casal de patos e ja é a terceira vez que a fêmea choca os ovinhos. Sempre deixei 2 pois queria mais duas fêmeas. Mas duas primeiras vezes nasceram todos patos machos (pesquisei na net pra ver como se identifica o sexo dos patos), cresceram, trocaram as penas e doamos eles. Nessa terceira vez, escolhi os ovos mais redondos (que diz ser de pata), nasceram e realmente o comportamento dos patinhos(as) eram diferentes dos outros das antigas ninhadas. Mas com duas semanas, numa manhã, uma patinha apareceu morta, sem nenhum vestígio de sangue ou qualquer coisa, dois dias depois, a outra patinha apareceu morta também. Como tenho sistema de câmeras no terreno, vi que foi o pato macho que matou as patinhas. Tem algum motivo do por que o pato fazer isso? Sempre achei que o pato mataria outros patos machos, mas ele pegou logo os filhotes que acreditava ser fêmeas.
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não o posso ajudar na sua questão. Acho muito estranha essa atitude do pato, mas se tem a certeza de que foi ele que matou as patinhas, da próxima vez deve separá-lo das ninhadas que vierem a nascer.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  74. MEU NOME É LUIZ NÃO SEI SE VOCÊ PODE RESPONDER ,MAS SE ALGUÉM QUE CONHECE ESSA RAÇA PODER RESPONDER PRA MIM EU AGRADEÇO ,A PERGUNTA É O SEGUINTE TENHO UM GANSO HAVAI NENE MACHO ,POIS INFELIZMENTE A FÊMEA MORREU ,SE EU DEIXAR ELE SEPARADO JUNTO COM UMA GANSA CAIPIRA OU AFRICANA ,A POSSIBILIDADE DELES SE CRUZAREM E GERAR FILHOTES ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conheço a raça de que fala, mas acho que é muito provável que façam criação se os juntar. Obrigado pelo comentário.

      Excluir

Postar um comentário