OS MOLDES PARA ASSENTAMENTO DE TIJOLOS MAIS SIMPLES E PRÁTICOS

O molde que criei para auxiliar no assentamento de tijolos está a ser um sucesso no Youtube. O vídeo que mostra a forma de fazer esse utensílio tão simples e prático já ultrapassou largamente as 500.000 visualizações, apesar da enorme concorrência de vídeos que ensinam também a fazer moldes para o mesmo efeito. Mas a verdade é que ainda não encontrei nenhuma ferramenta tão simples e prática como a minha. Sei que sou suspeito para afirmar isso, no entanto pelo que tenho visto e apesar de existiram algumas mais sofisticadas, a minha sobrepõe-se pela simplicidade, facilidade de construção e de utilização, facilidade da limpeza no final de cada utilização, durabilidade e sobretudo pela capacidade de fazer o ajuste para qualquer medida de tijolos.

Entusiasmado pelo sucesso obtido e repare-se que esse sucesso para mim significa apenas a satisfação por ter feito algo útil e que é do agrado de milhares de pessoas, já que não faço utensílios desses para vender e apenas partilhei a ideia para que quem quiser possa também fazer uma ferramenta dessas por si mesmo, decidi construir uma variante desse molde, utilizando em vez das barras de ferro finas, umas barras de ferro quadradas com 15mmx15mm, tubulares, ou seja, ocas por dentro.

Molde ajustável para assentamento de tijolos

A finalidade dessas barras de ferro mais largas é poder trabalhar com um pouco mais de folga no molde, o que é muito vantajoso quando se está a trabalhar com tijolos de medidas um pouco irregulares ou mal fabricados. Mas também tem a vantagem de fazer com que a junta de massa horizontal fique um pouco aberta, cerca de 5mm de cada lado, o que pode também ser muito bom para paredes que irão mais tarde ser rebocadas, porque é sempre mais um ponto de apoio ou “agarre” para a massa de reboco.


Este novo molde poderia ter ficado com estas mesmas propriedades, mesmo utilizando barras de ferro iguais às do primeiro molde, bastando para isso que tivesse colocado um enchimento de ferro ou madeira com cerca de um cm entre as barras de ferro e os tacos laterais. Eu apenas o fiz com aquelas barrinhas de ferro quadradas, porque as tinha disponíveis e também por serem mais leves.

Já testei o novo molde e verifiquei que tal como o primeiro funciona perfeitamente, tendo este apenas em relação ao primeiro as vantagens de que já falei. Devo acrescentar ainda que estes moldes, se forem manuseados com algum cuidado e sempre limpos depois de cada utilização, poderão durar uma eternidade e, em relação aos moldes feitos em madeira, têm ainda a vantagem de nunca empenarem.

Já tenho ouvido críticas de algumas pessoas que dizem que este tipo de ferramenta é para amadores ou aprendizes e que um bom pedreiro não precisa de molde para assentar tijolos. Nada mais errado! Uma ferramenta destas é para todos aqueles que gostam de fazer trabalho bem feito e ainda com economia de material e de tempo. Muitos dos que se arrogam como bons pedreiros assentam os tijolos, fazendo uma enorme pirâmide de massa em cima das fiadas de tijolos e depois colocam as peças em cima batendo nelas repetidamente para as acertar, com o excesso de massa sobrante a cair para o chão ou então a ter que ser retirada com a colher para a estância, perdendo-se assim um tempo precioso e originado juntas irregulares, geralmente muito altas, o que é um desperdício de massa.

É apenas a minha opinião, mas eu, que já assentei milhares ou talvez milhões de tijolos, não dispenso essa ferramenta e afirmo convictamente que o trabalho fica melhor, é mais rápida a sua execução e ainda se economiza material.

Neste vídeo, mostro como fiz este novo molde, embora a sua elaboração seja basicamente igual à do anterior.


Artigo relacionado

Neste artigo é explicada textualmente a forma de fazer o molde
MOLDE AJUSTÁVEL PARA ASSENTAMENTO DE TIJOLOS
Para quem gosta de construir paredes direitas, poupando material e sem ter qualquer dificuldade no assentamento dos tijolos, deve fazer um molde igual ou parecido a este. É muito fácil e rápido de fazer e quase não tem custos. Apesar de já ter feito a colocação de milhares ou até, talvez, milhões de tijolos é uma ferramenta que não dispenso nesse trabalho... Quero ler o artigo

Comentários

  1. Devemos reconhecer que você tem muito mérito, e por muitas coisas: pelo tempo que dedica a fazer postagens bem interessantes e trabalhadas, pela cuidada edição de vídeo, pelo discurso e/ou textos preparados (apesar das galinhas : ), pelo estilo pormenorizado e didáctico, ... enfim, vocé é um mestre. E nós o mínimo que devemos fazer é agradecer tudo isso. Obrigado pelo seu magnífico trabalho e por o partilhar com o mundo Mestre Joalex!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário deixou-me bastante sensibilizado e grato por saber que o meu trabalho não é em vão e que existem pessoas como o Alexandre que aprecia esse trabalho e que o declara publicamente. Sei que muitos, mesmo não o dizendo pensam como o Alexandre e isso é um grande incentivo para mim.
      É verdade que preparo os textos e os discursos, tento fazer um trabalho aceitável, mas às vezes as galinhas, ou melhor o galo, canta na pior altura, mas acho que isso acaba por dar um ar da realidade em que o meu trabalho prático é feito, quase sempre no campo e em contato com a natureza..
      Muito obrigado, Alexandre. Um grande abraço.

      Excluir

Postar um comentário