ENGENHOS CASEIROS


Nesta página o autor do blogue apresenta algumas das suas invenções caseiras. São pequenos trabalhos e engenhos artesanais cujos processos de construção são completamente originais. Apesar de não serem ideias novas, devido à forma como estes projetos foram elaborados podem, na modesta opinião do autor, ser considerados projetos inéditos. 

Mas...  não se assuste o estimado leitor... estas "invenções" não têm patente, por isso pode inspirar-se em qualquer dos projetos apresentados, para construir o seu próprio. Não tenho planos de qualquer destes trabalhos, no entanto a sua elaboração está documentada com textos, imagens e vídeos que podem ajudar. Muitas das engenhocas que construí, tiveram que ser modificadas várias vezes, antes de conseguir obter sucesso, sendo este, em alguns casos, bastante relativo.

Nada se faz sem trabalho, por isso se decidir meter mãos à obra, desejo-lhe sorte e muito sucesso! 


GERADOR EÓLICO MUITO FÁCIL DE CONSTRUIR

     

Este foi o último engenho construído pelo autor do blog. Trata-se de um pequeno gerador eólico cujos principais componentes foram extraídos de uma velha máquina de lavar roupa. Não se trata de uma máquina para produzir grande energia, mas ela foi equipada com elementos refletores que transformam a sua aparência visual num espetáculo. Seja de dia, com a luz do sol, ou à noite com a iluminação local ou com a os faróis dos automóveis projetando a sua luz sobre o pequeno gerador, as suas pás brilham e lançam chispas douradas, o que transforma esta máquina num elemento muito decorativo.

Artigo do blog sobre este engenho: 



MOLDE AJUSTÁVEL PARA ASSENTAMENTO DE TIJOLOS



Para quem gosta de construir paredes direitas e ao  mesmo tempo poupar argamassa, esta ferramenta é uma poderosa auxiliar nesse trabalho. Muito fácil de elaborar e quase sem custos, não existe justificação para não a fazer, seja para uso profissional ou, simplesmente, para fazer uns trabalho ocasionais em casa.

Artigo do blog correspondente:



GERADOR EÓLICO COM ALTERNADOR DE AUTOMÓVEL

video

Engenho construído com materiais aproveitados em sucatas, com a finalidade de produzir energia elétrica através da força do vento. Este faz girar a turbina e transmite a sua rotação, multiplicada através de uma polia e uma correia, a um alternador de automóvel.

Apesar de não se poder considerar como uma máquina de grande sucesso na sua finalidade principal: a produção de energia para armazenar em baterias, este engenho tem sido, através da sua difusão na Internet, de uma enorme importância didática para todos aqueles que se interessam por projetos caseiros deste tipo e também como desmistificador da verdadeira utilidade de um alternador de automóvel para ser usado como gerador eólico, pois este era apontado como o componente ideal para este tipo de engenho. 

Visite as páginas do blogue com todos os detalhes da construção e os comentários deixados pelos leitores, com imensas dicas e opiniões sobre a forma de produção caseira de energia. Um autêntico fórum sobre a construção artesanal de sistemas eólicos...




SISTEMA SOLAR TÉRMICO COM TUBOS MULTICAMADA


Este sistema solar caseiro é, talvez, único no mundo devido ao modo como foi confecionado. Pode parecer rudimentar, mas o certo é que está a funcionar há vários anos, aquecendo água não só para banhos, mas também para lavar roupa ou louça, entre outros usos. No entanto este sistema não foi sempre como agora, pois tal como outros projetos foi sendo melhorado ao longo do tempo. O único inconveniente é a necessidade de alguma vigilância e manutenção, principalmente no inverno devido ao congelamento da água nos coletores...   

Artigo do blog referente a este projeto:



MOINHO TRITURADOR DE CEREAIS A PEDAL

video

Esta é uma máquina que pode ser considerada única no mundo. Nas várias pesquisas feitas não se encontrou nada igual, nem sequer parecido e o melhor é que resultou em pleno. Trata-se de uma máquina de construção e funcionamento completamente inéditos, onde foram utilizados materiais como concreto de cimento, algum ferro e uma velha bicicleta. Este engenho tem a dupla vantagem de não necessitar de energia elétrica ou qualquer combustível para funcionar e também proporcionar a prática de exercício físico ao operador. É, por isso, altamente ecológica e, mais importante ainda, absolutamente eficiente...

Artigos do blogue sobre este engenho:

Moinho caseiro para partir milho
Máquina de partir milho a pedal 


GERADOR EÓLICO COM DÍNAMO DE BICICLETA

video

Este engenho caseiro tem um dínamo de bicicleta que gira na roda de sustentação das pás. Funciona como se estivesse acoplado à roda de uma bicicleta e, tal como nos velocípedes, acende uma lâmpada da mesma forma. Poderia também carregar uma bateria, mas dada a fragilidade do dínamo, este teria de ser alvo de substituições frequentes se estivesse em funcionamento contínuo. Esta máquina tem servido essencialmente para fazer experiências e é também, com o seu visual agradável, um ótimo adorno paisagístico...

Artigos do blogue referentes:




 CARREGADOR DE BATERIAS A PEDAL


Tal como o moinho triturador de cereais, este engenho caseiro é duplamente útil: proporciona atividade física e carrega baterias. Em locais onde não há eletricidade pode ser uma mais-valia para armazenar energia para pequenos consumos. A ideia não é nova e muitos sistemas deste tipo estão a ser utilizados devido à sua vertente económica e ecológica. O que é novo neste engenho, em particular, é a sua forma de construção, com o seu sistema de multiplicador de rotações através de polias e correias transmissoras...

Artigos sobre este engenho:



BOMBA DE CORDA EÓLICA





Este projeto foi dos mais complicados que o autor levou a cabo, até agora.  As dificuldades não foram só motivadas pela complexidade do trabalho, mas também porque não se acertou, logo de início, na melhor forma de o fazer. Construiu-se primeiro uma turbina de eixo vertical, para evitar a complicação de transformar a rotação vertical móvel em rotação horizontal fixa, de um cata vento de eixo horizontal, pois as turbinas que rodam num eixo horizontal têm forçosamente que ter uma segunda parte móvel, de forma a poderem girar em torno de um eixo vertical, procurando a direção do vento para que as pás da turbina estejam sempre de frente para este. Esta tarefa parecia-me tecnicamente bastante difícil, tendo por isso partido para a construção da turbina de eixo vertical.

O certo é que a turbina vertical funcionou e elevou água, mas o autor não ficou satisfeito com o seu rendimento, pelo que decidiu construir um cata vento de eixo horizontal...

Artigos do blog sobre este cata vento:

Construção caseira de uma turbina eólica para elevação de água

BOMBA DE CORDA OU BOMBA ROSÁRIO A PEDAL




Uma bomba que funciona com a força do vento pode ser muito útil e até romântica, mas... e quando não há vento?...

Quando o vento não sopra é necessário uma alternativa e o melhor é que essa alternativa seja também ecológica, sem ter que recorrer a eletricidade ou qualquer combustível. Para elevar água para pequenas regas, nada melhor do que uma bomba de corda, pois, sem grande esforço, consegue-se extrair um volume razoável de água, pedalando ou fazendo girar a corda através de uma manivela. Os projetos bomba de corda eólica e bomba de corda a pedal, foram, inicialmente, de funcionamento alternativo ou misto, mas com o desenrolar do projeto e a experiência adquirida, decidiu-se optar pelo funcionamento separado das bombas.

Artigos sobre este projeto:


CONSTRUÇÃO DE UM CATA-VENTO PARA ESPANTAR AVES DAS CULTURAS


Artigo do blog sobre este engenho:


É incrível a quantidade de coisas que se podem fazer recorrendo a materiais encontrados em sucatas, ou mesmo no lixo. Por exemplo, de uma bicicleta velha podem-se extrair componentes para construir moinhos para triturar cereais, bombas para elevar água, carregadores de baterias e também cata-ventos para afugentar pássaros das culturas…

CONSTRUÇÃO DE UM PEQUENO BARCO COM MATERIAIS RECICLADOS


Construir um bote para navegar em águas calmas, não é uma obra invulgar. Tal como os outros projetos caseiros do autor, o que o torna bastante original é o modelo de construção e os materiais utilizados, tudo a pensar na economia e reciclagem.

Entre esses materiais contam-se muitas peças de estores ou persianas em pvc, que se encontravam no lixo. Devido a isso e, fantasiando um pouco, como o funcionamento de uma persiana tem alguma analogia com o funcionamento das pestanas,   o nome dado ao barco foi "João Persiana", tentando fazer um trocadilho com "João Pestana", uma personagem da mitologia infantil que significa: "o sono a chegar"....

Artigo sobre este projeto:












2 comentários :

  1. Boa Tarde Eu gostaria de lhes deixar uma sugestão de pauta. Se isto for possível, para qual endereço de email poderia enviar detalhes? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde. Pode enviar as sugestões que pretender para o email: joalexhenriques@gmail.com. Obrigado pelo contacto.

      Excluir